Descobrindo nosso cérebro

Para corrermos, saltarmos, brincarmos, subirmos nas árvores, sorrirmos, imaginarmos, comermos o nosso sorvete preferido, precisamos do nosso sistema nervoso. Ele é composto por neurônios e células gliais. Você sabia que temos 86 bilhões de neurônios? É tanto, que é difícil até de imaginar. Eles estão trabalhando juntinhos para que possamos brincar e fazer muitas outras coisas.   Você conhece um neurônio? Ainda não? O mascote do Sinapses (participe da enquete) vai lhemostrar tanto o neurônio como as células gliais. Glia significa cola. Essas células são muito importantes, pois são responsáveis por alimentarem, sustentarem os nossos neurônios, e removerem o lixo produzido por eles. Sem elas, os nossos amiguinhos neurônios não sobreviveriam.

O nosso sistema nervoso é divido em cinco lobos: frontal, temporal, parietal, occipital, lobo da ínsula.

Para você fazer a sua tarefa da escola com atenção, organizar as suas ideias, decidir se você quer tomar sorvete de morango ou de chocolate, para contar uma estória ou uma piada, você precisa de seu lobo frontal. É uma das últimas partes do cérebro a se desenvolver. Ah, já ia me esquecendo. O mascote do Sinapses adora piadas. Se você tiver uma envie para o nosso email: contato@sinapsesprojeto.com.br. Nosso mascote ficará muito feliz.

Quando a mamãe e o papai falam eu te amo e você fica muito feliz com isso, você está usando seu lobo temporal, onde fica seu córtex auditivo. Graças a ele e à área de Wernicke você entende o que os outros falam. Ele também é responsável pelas emoções como alegria, tristeza, raiva, nojo e medo. Você já viu o filme Divertidamente? Ele fala sobre emoções. Você gosta de brincar de memória? Só lembramos de onde está localizado o outro par de uma figura, bem como o nome do nosso amiguinho, ou das férias do ano passado porque temos uma estrutura chamada hipocampo  (ele parece um cavalo marinho). O hipocampo fica também no lobo temporal.

Quem não gosta do abraço da mamãe e do papai? É bom demais. Sabe quem está trabalhando para sentirmos o abraço gostoso deles? É o nosso lobo parietal. É ele também que nos permite nos localizarmos, ou seja, chegarmos na escola, no parquinho, no restaurante, no cinema e em vários outros lugares. Se não tivéssemos o nosso lobo parietal, ficaríamos perdidos.

E, o occipital? Ah, esse fica na parte de trás do nosso cérebro e é responsável pela nossa visão. Os neurônios que ficam nessa área (lobo occipital) trabalham muito para vermos o pôr-do-sol, a praia, os amigos, o nosso filme preferido e muito mais.

Ah, pequenos neurocientistas, faltou a ínsula. É uma estrutura muito misteriosa. Ela permite sentirmos os sabores dos alimentos. Qual o seu prato favorito?

Até a próxima : )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *